terça-feira, 3 de junho de 2014

Oposição leva caixão à Assembleia e faz ‘enterro do Legislativo’ em protesto contra eleição do TCE

Um caixão foi levado por deputados oposicionistas, na tarde desta terça-feira (3), ao plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, em protesto contra o resultado da conturbada votação que elegeu o parlamentar federal Zezéu Ribeiro (PT) conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), na última quinta-feira (29). A ala contrária acusa os governistas de fotografar cédulas para comprovar a escolha indicada pelo governador Jaques Wagner (PDT). “O presidente da Casa [Marcelo Nilo (PT)] rasgou a Constituição, que determina voto secreto, ao ser leniente e omisso em relação à fraude”, disse o líder da oposição na AL-BA, Elmar Nascimento (PR), em entrevista ao Bahia Notícias. 
Para simbolizar a acusação, todos os integrantes da minoria, vestidos de preto, "velaram" a Constituição do Estado e o Regimento Interno da AL-BA durante cerca de uma hora e meia no plenário. “Fizemos o enterro do Poder Legislativo”, contou o parlamentar manifestante. Ouvido pelo BN, depois de cancelar a “sessão-protesto”, Nilo definiu o ato como “lamentável”. “As pessoas têm que ter a grandeza de saber perder no voto. A sociedade vai julgar cada ação dos deputados”, afirmou. Zezéu foi eleito membro do TCE em segundo turno – no primeiro, o vencedor havia sido o oposicionista Carlos Gaban (DEM) – por 35 votos a 23. Com a sessão desta terça extinta, os legisladores voltam ao trabalho somente na manhã desta quarta (4). 

Postar um comentário