domingo, 25 de outubro de 2015

PT perde 11% dos prefeitos que elegeu em 2012; SP lidera debandada

Em crise com acusações de corrupção e o desgaste da presidente Dilma Rousseff, o PT perdeu 11% dos prefeitos que elegeu em 2012. Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, dos 619 petistas que venceram as últimas eleições municipais, 69 saíram da legenda até outubro deste ano, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O estado de São Paulo lidera a debandada com a saída de 20 dos 73 prefeitos petistas da sigla. Já no Nordeste, o prefeito que deixou a agremiação foi Luciano Cartaxo, de João Pessoa, único prefeito de capital na região. Ainda de acordo com Folha, em agosto, quando 14 prefeitos anunciaram a mudança, o presidente do PT em São Paulo, Emídio de Souza, culpou o assédio do PSB e PSD pela movimentação. O prefeito da capital paulista, Fernando Haddad, foi cogitado como futuro egresso, mas neste sábado, em entrevista à rádio CBN, ele negou a possibilidade e as articulações para sair do PT. F: BN
Postar um comentário